domingo, 30 de agosto de 2009


Quero dormir um pouco
um minuto, um século
porém que todos saibam
que estou vivo,
que há cavalos dourados em meus lábios,
que sou o pequeno amigo do vento Oeste,
que sou a sombra imensa de minhas lágrimas.

Jamil Snege

Um comentário:

Erika Fernanda disse...

olha só legal o blog cleriston !!!!!!